domingo, 1 de maio de 2011

I'll hold you in my heart - Cap. Four

Na busca do amor não existem leis.

- JUSTIN. - Gritei.
Ele se levantou e veio até mim.
- Por que não veio de guarda-chuvas?
- Esqueci... Mas o que aconteceu?
- Eu descobri uma coisa.
- O que?
- Eu descobri que eu sou um completo idiota. - Disse sentando nas escadas.
- O que aconteceu Justin?
- A Selena! Acha que eu sou o seu brinquedinho pra ficar me usando qualquer hora, já chega eu cansei, eu terminei com ela e agora é pra valer.
- Justin, você esta nervoso, espera você ficar mais calmo.
- NÃO, EU CANSEI, LITERALMENTE.
- Não grite, eu estou do seu lado. - Disse abraçando ele. - Vem, vamos embora, você vai ficar doente e você sabe o que vai acontecer?
- O que? O Scooter vai brigar comigo?
- Se liga cara, você é um cantor, sua voz não vai ficar nada legal no dia seguinte. Vamos embora!
- Vamos. - Disse ele de cabeça baixa.
Abracei ele e fomos até o seu carro. Chegando em casa, cada um foi pra um banheiro tomar um banho quente, depois do banho coloquei essa roupa. Sentei no sofá e logo depois vem o Justin deitando a sua cabeça no meu colo.
- O que vamos fazer? - Disse o Justin
- Assistir um filme?
- Pode ser. Que filme?
- O Som Do Coração?
- Já assisti.
- É, eu também. Que filme então?
- A Vida e a Morte de Charlie?
- Já ouvi falar, mas nunca assisti. Já assistiu?
- Não.
- Tem o filme ai?
- Tem. 
- Vamos assistir?
- Vamos.
Depois de assistir o filme, o Justin caiu no sono no meu colo mesmo.
- Justin, hey, acorda. - Disse balançando ele.
- O que foi? O que aconteceu com o Charlie?
- Você dormiu, levanta, vamos pra cama.
- Argh, eu não acredito! Vamos então.
Justin foi pro seu quarto e eu fui pro meu. O que estava acontecendo com o Justin? Ele sempre falava pra mim o quanto amava aquela garota cabeçuda, e agora ele terminou com ela. Eu amo ele e como vou dizer isso a ele? Acho que vou ter que esperar um pouco, mas eu não sei, ele sempre fica do meu lado e diz que me ama, e eu faço mesmo será que ele gosta de mim mais que uma amiga? Eu não sei de mais nada, só estou confusa e só quero ajuda-lo em relação a Selena. - Fiquei pensando a noite inteira, não consegui fechar os meus olhos, só logo pela amanha, mas depois veio Justin em cima de mim falando.
- Eu voltei, eu voltei, eu voltei.
- Você voltou?
- É, eu vou voltar pra minha turnê, olha que incrível! Não vejo a hora de olhar para os rosto mais lindos das minhas melhores fãs do mundo!
- Que animação.
- É, e quem não esta animado? Até o Scooter está.
- Eu não estou, porque tem um garoto em cima da minha cama pulando e gritando "Eu voltei, eu voltei". - Disse com uma cara brava.
- Vem, pula comigo.
- Você esta louco, eu vou quebrar essa cama.
Ele parou e sorriu.
- Vamos tomar café da manha, daqui a pouco nós vamos pro aeroporto e vamos pra Itália!
- Eu vou também?
- Se quiser ficar aqui, tudo bem... Estou muito feliz, porque nós vamos nos encontrar com a minha mãe por lá. Ah.
- Uau, você esta feliz mesmo, agora saia de cima de mim.
- Também te amo.
Sorri e fui pro banheiro, fiz minha higiene e permaneci de pijama mesmo. Depois do café coloquei roupa basica e fomos pro aeroporto, nós iamos com o jato particular do Justin. Sentei do lado do meu pai e fomos conversando uma parte da viajem, depois eu cai no sono.
- Filha, chegamos.
- Mas já?
- Sim. Levanta.
Fui a ultima ao sair do jato e vejo o Justin abraçado com uma mulher um pouco mais baixa que ele, devia ser a Pattie, a sua mãe. Cheguei perto todos e sorri.
- Mãe, essa é a Juliet e Juliet, essa é a minha mãe, a Pattie.
- Oi Pattie, prazer.
- Ola, o prazer é todo meu.
Ficamos conversando em quanto íamos pro hotel, adorei ela e achei super simpática. Mal chegamos no hotel, o Scooter, Pattie e o Justin sairam, foram ver o estádio onde ele ia fazer o tal show de noite. Ficou eu e a Carin no hotel assistindo filme e depois fomos pra piscina. Scooter, a Pattie e o Justin, chegaram só de noite pra ser arrumar para ir ao show. 
- Filha, você não vai se arrumar?
- Já vou.
Pattie, Justin, e o Scooter foram pro show, eu ia depois com a Carin. Tomei um banho e coloquei essa roupa e fui pro show. Chegando lá, tinha varias beliebers gritando, até que os portões foram abertos e tinha varias meninas gritando e uma empurrando a outra pra ficar mais perto do palco. Justin entrou e começou a gritaria, elas gritavam muito, muito mesmo. Já estava no fim do show, só falta apenas duas musicas pra acabar o show, One Less Lonely Girl e One Time. 
Justin começou a cantar One Less Lonely Girl, eu estava lá me divertindo até que uma pessoa pega no meu braço e vai me levando até a entrada do palco.
- Por que me trouxe pra cá?
- Porque mandaram eu te trazer pra cá.
Eu fiquei ali, até uns dos dançarinos dos Justin veio me buscar, e eu me segurei tipo em um poste, um ferro, sei lá, que tinha lá por perto. Não queria entrar no palco. 
Justin viu que eu não queria entrar no palco, até que ele veio me buscar e me colocou na banqueta que tinha no meio do palco. Ele terminou de cantar a musica lindamente e me ele tinha me dado um buquê de rosas a coisa mais linda. Sai do palco tremendo. Meu pai veio me abraçar e disse:
- Tem mais ainda essa noite.
Sorri, não entendi o que ele quis dizer com isso, mas eu estava nervosa de tanta ansiedade.

Continua...

2 comentários: