sexta-feira, 6 de maio de 2011

I'll hold you in my heart - Cap.Nine

Eu nunca dou vibrações negativas e eu nunca desisto da verdade.

Levantei da cama, olhei para o meu rosto cheio de olheiras e passei muita base e pó, para ninguém desconfiar de nada, coloquei essa roupa. Desci e passei reto da cozinha e da sala, abri a porta, simplesmente sai, não queria ver e falar com ninguém, principalmente com Justin, posso estar sendo ridícula, mas eu o amo e não queria ser tratada daquele jeito. Sai daquela casa e fui pra casa da Caitlin, pode soar estranho, mas sim, eu fui na casa dela, eu precisava desabafar, mas como o Christian era irmão dela, a coisa fica pior. Toquei a campainha, e logo veio a Caitlin abrindo a porta, logo que ela abriu a porta, viu o meu rosto e disse:
- O que o Justin fez de errado?
- Vamos sair daqui? Eu não quero que o Christian me veja!
- Tudo bem, vamos andar um pouco, daqui umas 3 casas tem um banco, vamos sentar nele. Tá?
- Ok, vamos.
Nós começamos a andar, até que achamos o tal banco e sentamos. Contei tudo pra ela o que havia acontecido até a parte do beijo. 
- Olha Caitlin, desculpa vindo falando essas coisas pra você, mas eu precisava desabafar.
- Imagina Juliet, já senti que você é uma grande amiga e pode contar sempre comigo. 
- Obrigada.
Continuamos a conversar e logo apareceu o Justin.
- Juliet, você não pode fugir de mim pra sempre.
- Vou ir pra casa, até mais. - Disse a Caitlin
Abaixei a cabeça e o Justin sentou ao meu lado.
- Te magoei? - Pediu o Justin
- Um pouco.
- Sera que se eu tivesse te magoado um pouco, você estaria assim?
Não respondi, mas não consegui evitar, ainda de cabeça abaixada sinto lágrimas escorrendo sobre o meu rosto e eu tentando limpar sem ele perceber, mas ele acabou percebendo.
- Juliet, eu te amo, não chora, desculpa se eu fui seco, grosso e inutil.
- O que tinha acontecido com você garoto?
- Lembra que eu te falei que eu tenho um segredo?
- Sim.
- Então, não posso contar.
- Faz parte do seu segredinho?
- Sim, desculpa, por mais que eu queria contar, não dá.
- Conta Justin, eu não sou a sua melhor amiga?
- É, mas, desculpa, agora por em quanto, não dá. Só me perdoá. - Disse ele levantando a minha cabeça pelo queixo. - Vai me perdoá. - Disse ele com aquela carinha mais fofa do mundo.
- Como eu não vou te perdoar com você fazendo essa carinha? - Disse pra ele sorrindo entre lágrimas. 
- Eu te amo. 
Ele me abraçou, me senti melhor e mais segura. 
- Promete?
- O que Justin?
- Me amar?
- Prometo.
- Me deixar te amar?
- Prometo.
- Me deixar ser seu amigo pra sempre?
- Prometo.
- Me deixar a te cuidar?
- Prometo. 
- A não me deixar a te magoar?
- Prometo.
- A não brigar com você?
- Prometo.
- Obrigado.
- E você? Promete?
- Prometo.
- Eu te amo. 
- Eu te amo mais.
Ele sorriu e sorri e abaixei a cabeça.
- Você não comeu nada, agora vamos pra casa, pelo menos pra almoçar. 
- Vamos.
Chegando em casa, almoçamos e logo recebi uma noticia do meu pai, a pior coisa que podia ouvir em minha vida.
- Filha, você tem um segundo?
- Tenho varios. - Eu ri.
- Tudo bem, vem comigo então.
Fui com o meu pai até o quarto onde eu estava dormindo.
- Filha, aconteceu uma coisa muito seria.
- O que pai? O que aconteceu?
- Sua mãe. 
- Mi-minha mãe? - Disse em choque. - O que?
- Sua mãe esta com câncer e não tem muito tempo de vida.
- O QUE? Não pode acontecer, não acredito.
- Ela me ligou ontem e me contou tudo, ela quer que você vá passar alguns dias com ela.
Não conseguia dizer nada, estava em choque chorando. Meu pai me levou até o aeroporto, e voltei pra Inglaterra. Chegando na casa da minha avó, vejo minha mãe fraca, pálida, mas entre essa cara de doente um sorriso enorme em me ver. Corri abraça-la. 
Depois de vinte e três dias minha mãe morreu, e eu agora a minha guarda é definitivamente do meu pai. Estou morrendo de saudades do meu pai e principalmente do Justin, todo esse tempo que eu estava na Inglaterra fez eu perceber que eu o amo e preciso dizer isso a ele, esses vinte e três dias que eu fiquei longe do Justin, não falei com ele, mas espero que a nossa amizade continua a mesma.
A turnê do Justin já acabou, ele apenas passou por alguns paises, ele já disse que não era pra ser uma grande turnê, era pra matar a saudades, ele vai ficar algum tempo gravando musicas e clips novos.  Chegando no aeroporto, eu vejo o Scooter e a Carin, vou correndo abraçar eles bem forte, depois eu pergunto.
- Cade o Justin?
- Ele está na casa da Selena.
O que? Na casa da Selena? O meu sorriso de felicidade foi sumindo aos poucos, eu não cumpri a minha promessa, e ele nem a dele. Eu prometi pra ele que não deixaria a Selena chegar perto dele, ele prometeu em ser meu amigo pra sempre, agora eu descobri o porque ele não me ligava, eu sempre ligava pra ele, mas ele não retornava as minhas ligações. Chegando na minha nova casa, eu fui pro meu quarto dormir um pouco, logo depois o meu pai me acorda pra mim sair fazer compras com a Carin, pois ia haver uma premiação e o Justin estava competindo em duas categorias e eu ia ir junto com a Carin, com o meu pai, Justin e Selena. Não estava feliz, pois a Selena ia junto, não tinha nada contra a ela, mas ela esta namorando a pessoa que eu mais amo no mundo.
Fui ao shopping com a Carin e comprei um vestido. Chegando em casa fui pro banho, e coloquei o meu vestido. Justin, Pattie e a Selena já estavam na premiação. Chegando lá, sentei na mesa no meio entre a Carin e a Pattie, o Justin ficou me encarado e não falou nada. 
- Carin, posso te fazer uma pergunta? - Disse no ouvido dela.
- Claro Juliet. - Disse ela sussurrando também.
- Por que o Justin esta me olhando desse jeito?
- Ele não sabia que você viria, ele não sabia que você voltaria logo.
- Ata. 
Olhei pra ele e ele sorriu, eu sorri de volta, mais aliviada, achei que ele estava bravo comigo por causa de alguma coisa. 

Continua...

3 comentários:

  1. continua.
    me add no msn?
    imagine.raillane@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. publique mais hoje, estou viciada na sua fic, é a melhor !!!

    ResponderExcluir
  3. seu selinho flor.

    http://neverleavemejustin.blogspot.com/2011/05/ganhei-um-selo.html

    ResponderExcluir