segunda-feira, 25 de julho de 2011

I'll hold you in my heart - Cap. Fifteen

Ninguém é melhor do que ninguém, quem somos por dentro é mais importante.

- Eu me sinto segura ao seu lado. - Disse a ele, o meu namorado e assim sempre jurou..
- O que?
- Eu - me - sinto - segura - ao - seu - lado - Disse devagar em partes, e olhando no fundo do seus olhos. 
- Eu entendi, só queria que você repetisse para mim...
- Idiota.
 - O que?
- Surdo.
- O que?
- Ta querendo me irritar, Bieber?
- O que?
- Argh. 
- Eu te amo. - Disse ele rindo.
- O que?
- Não começa... - Disse serio, depois soltou uma gargalhada gostosa. Olhei pra ele rindo também, mas nem achei graça, eu estava mesmo rindo por causa do seu mais lindo e belo sorriso que já até agora na minha vida. 
Estava admirando ele e ele a mim, até que a porr* do celular dele tocou, confesso que fiquei um pouco insegura, pois a Selena disse "Me liga depois e bláblá".. Bom, na verdade não foi assim, mas só entendi alguns mugidos. Ele olhou para o celular, depois pra mim e vi pela cara dele era ela... A Selena.
- Só... só um minutinho tá? - Disse o Justin.
- Tá.  - Disse com um sorriso torto.
Ele foi para um cato do quarto e ficou conversando com ela, mais ou menos um 20 minutos e ele ria exageradamente como se estivesse sozinho no quarto, e estivesse se esquecido de mim. Eu exagerada? Não, realista e sentindo os meus olhos lacrimejarem... Lagrimas escorriam pelo o meu rosto em quanto ele conversava com ela. Me senti trocada, traída e invisível...
- Tudo bem Selly, depois nós nos falamos mais, estou aqui na casa da Juliet. Beijos. 
O que? Selly? Depois nós nos falamos mais? E eu? Chorei mais ainda, mas sem soluçar... Ele se virou e olhou pra mim, estava de cabeça baixa apenas pensando o quanto ela roubava cada vez mais o coração do garoto que eu mais amei e chorando. Ele me olhou, se abaixou colocou as mão em meu joelho e disse:
- Não, por favor.. Não chore. - Ele se enrolou ao dizer as palavras, ele estava me magoando, mas não porque ele queria e sim, porque ela queria. 
- Você vai cantar com ela, você continua falando com ela... Ela esta roubando cada vez mais o seu coração de mim, ela esta arrancando ele do meu peito sem dó e piedade, e você se entrega. O jeito que você sorria em quanto falava com ela, parece que você...
- Não, não termina.
- Eu acho que você precisa pensar mais sobre nós e ela.
- PENSAR O QUE? EU AMO VOCÊ, VOCÊ NÃO VÊ?
- NÃO DÁ PRA VER COM ESSA MENINA NO MEU CAMINHO. 
- Você acha que eu trocaria você por outra? Por ela?
- Justin... EU TE AMO, E EU TENHO MEDO. ELA TA TIRANDO VOCÊ DE MIM, SÓ QUE VOCÊ NÃO VÊ, ESSA MENINA QUER SEPARAR NÓS...
- CHEGA, ELA NÃO É ASSIM, ELA NÃO QUER SEPARAR NINGUÉM AQUI.
- Não.. Imagina, olha o que ela ta fazendo Justin.. Você gritou comigo, pela primeira vez. Você esta defendendo ela EM VEZ DE DEFENDER A MIM!
- PARA JULIET, PARA. - Disse com lagrimas escorrendo sobre o seu rosto angelical por onde eu estava fazendo sofrer, mas ambos estava sofrendo. - Você ta certa, eu vou pra casa, eu vou pensar...
- Pensar se você ama mesmo ela? 
- Pensar em achar uma forma de você que eu amo você e não ela. - Disse saindo do quarto e fechando a porta com forças.
Sentei na cama e chorei mais, solucei e abracei o meu travesseiro com todas as forças que eu tinha.
Nesta sexta-feira, vai ser aniversario de Selena, eu e o Justin estávamos distantes. Eu estava chorando todas as noites e ele sempre querendo falar comigo, mas eu fugindo. Selena ia fazer um show, e estava passando na TV, quando eu menos espero aparece o Justin cantando um trecho de Favorite Girl e depois cantando Cry Me A Rive para ela e eu? Apenas chorei, e chorei muito. Depois de muita diversão, porque pelo jeito, foi divertido e bastante, o Justin ligo pra mim.
- Oi amor. - Disse ele.
- Já termino de cantar? Olha que eu nem prestei atenção, estava muito entretida à as minhas lagrimas. - Disse desligando o celular e subindo ao meu quarto.
Escuto o meu pai chegando em casa, eu estava colocando uma roupa, eu queria visitar Caitlin, eu precisava de um conselho ou coisa do tipo e levei algumas roupas na minha bolsa, acho que posso dormir por lá, não estou muito afim de ficar em casa.
Conversei um pouco com o Scooter, pedi conselhos e disse o que estava havendo, ele queria conversar com o Justin, mas não deixei, isso tem que ser resolvido apenas comigo e com ele.  

Continua...

4 comentários:

  1. ahhh morri...nossa muito perfeito, continuaa? vaii?...muito perfeito mesmo estou amando..

    lê meu blog? segue? comenta lá? valeu

    http://beliebersforever--imaginecomojb.blogspot.com/2011/07/someday-algum-diacap-1.html

    ResponderExcluir
  2. continua please! eu amo o seu blog <33

    ResponderExcluir
  3. Menina Mal ,Fiquei pensando quando vc iria continua ^^
    Bom , olha meu blog ???
    e pegue seu selinho
    http://amrdrew.blogspot.com/2011/07/selinhooos.html

    ResponderExcluir